12 alimentos afrodisíacos que melhoram o sexo

Se você busca ter um sexo de qualidade e mais prazeroso, é importante incluir no seu dia a dia alguns alimentos afrodisíacos.

O motivo é que esses alimentos possuem propriedades estimulantes e que, por isso, aumentam a produção de hormônios sexuais e melhoram a libido, fazendo com que o apetite sexual seja estimulado tanto em homens como em mulheres.

Pensando nisso, separamos uma lista de 12 alimentos afrodisíacos que podem melhorar o seu sexo.

Amendoim

Amendoim é um ótimo alimento afrodisíaco

Amendoim é um alimento fonte de argilina, um aminoácido que estimula o óxido nítrico, capaz de promover maior circulação sanguínea na região do pênis e do clitóris.

Por esse motivo o amendoim é considerado um bom estimulante natural feminino e masculino, já que ele contribui para o aumento do fluxo sanguíneo para a região dos órgãos genitais.

Ginseng

O consumo de ginseng ajuda liberar o óxido nítrico das células endoteliais, tratando assim a disfunção erétil através da vasodilatação e relaxamento do tecido erétil.

Além disso, a erva também aumenta a secreção de hormônio testosterona, que é um hormônio sexual presente no corpo do homem e da mulher (em menores quantidades).

Seu poder afrodisíaco também pode aumentar a energia e disposição sexual, além de melhorar o desempenho sexual de homens e mulheres.

Alho

Alho ajuda na ereção

O alho traz muitos benefícios para a saúde, mas o que poucos sabem é que ele pode combater a disfunção erétil masculina.

Isso porque ele aumenta a circulação sanguínea, fazendo o pênis receber mais sangue e consequentemente ter uma ereção mais dura e longa.

Por melhorar a circulação sanguínea do corpo faz o alho evitar e reduz a formação de placas de ateroma, que com o tempo pode levar à aterosclerose, que é uma doença perigosa e pode causar a disfunção erétil em homens.

No vídeo abaixo é mostrado outros motivos que fazem o alho ser bom para ereção, veja:

Morango

O morango é um bom alimento afrodisíaco devido sua vitamina C que melhora o fluxo sanguíneo, principalmente para as regiões genitais.

Entenda que para uma ereção de qualidade é necessário ter uma boa circulação sanguínea em seus órgãos genitais, e o consumo de morango pode te ajudar nisso.

Açafrão

Açafrão é afrodisíaco

O açafrão é uma especiaria usada como um remédio alternativo para ajudar a tratar a depressão, reduzir o estresse e melhorar o humor.

Seu poder afrodisíaco torna as zonas erógenas mais sensíveis, o que aumenta o prazer durante as preliminares, por exemplo.

Ovos

O ovo é um dos melhores alimentos que existe e deve estar em sua dieta para uma vida mais saudável.

Além disso, ele também deve estar em seu cardápio afrodisíaco. Isso porque o alimento dá mais energia e disposição, além de equilibrar os hormônios que são importantes para uma libido e apetite sexual mais potente.

Gengibre

Gengibre

O gengibre é afrodisíaco porque produz um fluxo de sangue aos órgãos genitais que aumenta o desejo sexual.

E assim como o alho, o gengibre pode evitar e reduzir a formação de placas de ateroma, que com o tempo pode levar à aterosclerose, que é uma das doenças causadoras da disfunção erétil em homens.

Melancia

A melancia pode produzir um efeito nos vasos sanguíneos, similar ao medicamento Viagra. Isso porque ela é rica em um aminoácido chamado citrulina, que relaxa e dilata os vasos sanguíneos, de maneira similar ao efeito provocado pelo Viagra e outros medicamentos destinados a tratar a disfunção erétil.

Este processo é um precursor do óxido nítrico, que ajudará na dilatação dos vasos sanguíneos, favorecendo ereções com muito mais intensidade e duração.

Maca Peruana

Maca Peruana é afrodisíaco

A maca Peruana ficou muito famosa no Brasil devido seus efeitos afrodisíacos que ajudam a melhorar a libido.

Além disso, o alimento contém substâncias que dão uma força na melhora da performance.

Não é atoa que ele é chamado no Peru como o “Viagra dos Incas”. Isso porque ele melhora a circulação sanguínea na zona pélvica, tanto masculina quanto feminina, favorecendo ereções muito mais firmes e longas.

Compartilhe essa ideia:

5 dicas de alimentação para uma vida mais saudável

Ter uma alimentação saudável é fundamental para alcançar uma maior qualidade de vida.

Mas para uma alimentação saudável, você precisa ter prazer comendo. Por isso, o primeiro passo para uma vida saudável e prazerosa é não se tornar escravo de dietas e calorias.

Afinal, está mais que comprovado que pessoas que se preocupam demais com a forma física tendem a sofrer maiores oscilações de peso, além de serem insatisfeitas com o próprio corpo.

E nesse artigo postaremos 5 ótimas dicas para você ter uma vida mais saudável através da alimentação. Vamos as dicas!

1- Tenha uma alimentação rica em proteínas

Tenha uma alimentação rica em proteínas

Tenha em mente que qualquer alimentação deverá ter proteínas. Afinal, as proteínas são nutrientes necessários para o organismo produzir partes essenciais do corpo, como músculos, hormônios, tecidos, pele e cabelo.

As proteínas são essenciais para a manutenção e aumento da massa muscular. A massa muscular é muito importante para uma vida saudável porque quanto mais massa magra temos, mais calorias o nosso corpo queimará.

Ou seja, se você não deseja sofrer com o excesso de peso, ter massa magra vai te ajudar nisso. Por isso, podemos dizer que a proteína é o melhor emagrecedor natural que você pode consumir.

Pois além de contribuir para o ganho de massa magra, a proteína tem um efeito termogênico maior do que outros nutrientes, isso porque ela consome mais calorias para seu organismo metabolizá-la.

Além disso, a proteína é responsável por formar o colágeno, que é uma substância que dá firmeza à pele e previne as rugas e marcas de expressão.

Outra razão de consumir proteínas em todas as suas refeições é que ela ajuda equilibrar os hormônios.

Problemas como Síndrome dos Ovários Policísticos, estresse ou ansiedade podem ser causados por alterações hormonais, e uma alimentação rica em proteína é essencial para melhorar os sintomas e tratar essas doenças.

A lista abaixo são algumas fontes de proteínas que você deve consumir regularmente em suas refeições diárias:

  • Ovo;
  • Carne de frango;
  • Carne bovina;
  • Carne de peixe;
  • Queijo;
  • Peito de peru;
  • Soja;
  • Quinoa;
  • Lentilhas;
  • Tofu;
  • Iogurte natural;
  • Leite desnatado.

2- Abuse dos vegetais

Consuma vegetais para uma saúde mais saudável

Comer vegetais fornece benefícios a saúde, as pessoas que comem mais verduras e legumes como parte de uma estratégia de dieta saudável são menos suscetíveis ao risco de doenças crônicas, por exemplo.

Vegetais fornecem uma abundância de vitaminas e minerais que o corpo não pode sintetizar e muitos destes nutrientes pode ajudar a protegê-lo do estresse.

O magnésio e vitamina C são nutrientes presentes em quase todos os vegetais e que são rapidamente esgotados durante períodos de estresse.

O consumo de magnésio acalmará seu sistema nervoso central, transmitindo um efeito calmante que o torna mais resistente e melhora o sono. Já a vitamina C suporta a imunidade e ajuda o corpo a metabolizar o hormônio do estresse, cortisol.

Além disso, boa parte dos vegetais são ricos em antioxidantes que agem como desintoxicante no organismo e também previnem a ação dos radicais livres.

Leia também: 4 Ervas ótimas para a saúde

3- Consuma água regularmente

Beba água com frequência

Você pode até estar cansada de ver essa dica, mas ela é muito importante e crucial para uma saúde com mais vitalidade, energia e motivação.

Afinal, a quantidade de água que consumimos diariamente desempenha um papel muito importante para manter nosso corpo saudável e funcionando bem.

A água é utilizada pelo corpo para eliminar toxinas e dejetos que não precisamos que podem nos prejudicar de alguma forma.

Quando há uma pouca quantidade de água no corpo, o coração precisa trabalhar mais para bombear o sangue oxigenado para todas as células e para outros órgãos principais.

A água ajuda a eliminar a gordura, já que quando bebemos água, nosso estômago se enche e perdemos consideravelmente o apetite.

Além disso, a água não contém calorias, gorduras, carboidratos e nem açúcar, ou seja, é uma grande substituta das bebidas com alto teor calórico, como o refrigerante.

Você tem dificuldade em beber água? Então assista esse vídeo da Thays Lessa onde ela passa 7 dicas muito boas para você beber mais água. Assista:

4- Evite ou diminua o consumo de alimentos industrializados

Alimentos industrializados

A cada dia, os alimentos industrializados ocupam uma parcela cada vez maior do mercado de alimentos. Afinal, eles são bastante práticos, pois já vêm prontos ou semiprontos o que facilita bastante para quem tem uma vida agitada com pouco tempo.

Além da praticidade, os alimentos industrializados também possuem um prazo de validade bem maior do que os produtos “in natura”, tornando fácil o armazenamento.

Entretanto, para conseguir a praticidade e durabilidade dos produtos, os fabricantes se utilizam de milhares de aditivos químicos, que, na grande maioria das vezes, não fazem bem à saúde de quem os consome com frequência.

Esses aditivos químicos quando consumidos com frequência pode desencadear uma série de problemas para a saúde como:

  • Obesidade;
  • Hipertensão;
  • Câncer;
  • Diabetes;
  • Doenças cardíacas.

Clique aqui e conheça os 5 perigos dos alimentos industrializados.

5- Invista nos grãos integrais

Grãos integrais

Os grãos integrais são muito importantes para uma vida mais saudável, pois eles melhoram a digestão, auxiliam na perda de peso e ajudam a compor pratos mais variados, além de serem ótimas fontes de fibras e carboidratos do bem e conter baixo teor de gorduras totais.

A lista abaixo são os melhores grãos integrais que você deve consumir regularmente, veja:

  • Cevada;
  • Quinoa;
  • Linhaça;
  • Aveia;
  • Arroz integral;
  • Chia;
  • Centeio;
  • Amaranto em flocos.
Compartilhe essa ideia:

4 Ervas ótimas para a saúde

Ervas para saúde

As ervas possuem uma grande quantidade de nutrientes que são essenciais para saúde no geral. Seu uso correto pode trazer inúmeros benefícios para o corpo e mente.

Além disso, tradicionalmente usadas para curar males, as ervas têm seus benefícios conhecidos há muito tempo.

Entre as principais ervas, destacamos o agrião, tribulus terrestris, guaraná e sálvia.

Conheça agora cada uma das ervas citadas:

Agrião

O agrião é uma erva com sabor picante e pode ser cultivada em casa para utilizar em saladas, sucos, patês e chás.

O seu nome científico é Nasturtium officinale e ele pode ser facilmente encontrado em feiras livres e mercados. De cor verde escura e flores brancas, o agrião é um vegetal bem antigo, cultivado em diversos países do mundo.

E por ser uma verdura extremamente rica em substâncias benéficas, passou a ser recomendado e indicado pela ciência nutricional para completar uma alimentação equilibrada.

Entre seus benefícios é a redução da pressão arterial. Isso acontece porque a erva contém bons níveis de potássio, cálcio e magnésio. Seu consumo é associado à redução da pressão arterial, prevenindo o risco das doenças cardiovasculares e mantendo o coração saudável.

Outro ótimo benefício do agrião é auxiliar no emagrecimento. Isso porque a erva possui muitos nutrientes e poucas calorias. Com tudo isso faz a erva proporcionar mais saciedade fazendo com que comamos menos, sem diminuir a quantidade de nutrientes ingeridas.

O agrião também pode ser um ótimo aliado contra o câncer devido a erva ser rica em antioxidantes e micronutrientes que ajudam no combate as células cancerígenas.

Tribulus Terrestris

Tribulus Terrestris é uma erva daninha encontrada em diversas partes do mundo, principalmente no Mediterrâneo.

Ela vem sendo muito falada devido seus grandes benefícios a saúde. Entre esses benefícios é ser um estimulante sexual e uma ótima opção de medicamento para impotência já que seu consumo estimula a substância óxido nítrico que por sua vez tem um efeito vasodilatador, fazendo chegar mais sangue para o pênis.

Além disso, estudos indicam que o tribulus terrestris melhora a criação de espermatozoides nos homens e a ovulação da mulher, podendo ser um aliado da fertilidade.

Tribulus Terrestris é um forte aliado da mulher devido seu consumo pode reduzir os sintomas da menopausa. Além disso, a erva possui uma ação analgésica e pode auxiliar no alívio de dores, inclusive aquelas incômodas dores de cólicas menstruais.

A erva também pode ser um aliado do coração já que seu consumo pode reduzir a pressão arterial. Isso é possível porque a erva inibe a enzima conversora de angiotensina que quando produzida em grandes quantidades leva ao aumento da pressão arterial.

Guaraná

GuaranáO guaraná é muito conhecido por sua alta concentração de cafeína, o que potencializa e revigora a energia do corpo.

Com a casca vermelha, polpa branca e sementes parecidas com os olhos humanos, a fruta é normalmente encontrada em bebidas energéticas e, também, como xarope, extrato, pílula, cápsula e suplemento.

Entre seus principais benefícios é melhorar o desempenho nos exercícios devido seus efeitos energizantes. A erva estimula diretamente o sistema nervoso central e pode ser tomado em pequenas doses para combater a fadiga e aumentar os níveis de atividade.

A erva também pode ser um ótimo afrodisíacos natural devidos suas propriedades. A presença de cafeína nesta fruta aumenta a libido. Assim, o uso regular pode ajudar uma pessoa levar uma vida sexual feliz.

Além disso, o guaraná também tem propriedades analgésicas e neurastênicas que são excelente propriedades para o tratamento de enxaquecas e dores de cabeça, ajudando-a no alívio da dor rápida.

Sálvia

Muito pouco conhecida, a sálvia é uma erva de origem mediterrânea. Alguns estudos já comprovaram sua ação anti-inflamatória e antioxidante, ambas muito convenientes para o equilíbrio no funcionamento de todo organismo.

Rica em antioxidante, a sálvia pode reverter os sinais de envelhecimento, tais como rugas, linhas finas e manchas da idade. Esses antioxidantes fornecem proteção contra os radicais livres que danificam as células da pele, causando o envelhecimento prematuro da pele.

Suas propriedades antibacterianas evitam a ocorrência de infecções cutâneas. Ela também possui propriedades antissépticas e anti-inflamatórias, que ajudam na cura da acne, além de aliviar os sintomas de eczema e psoríase.

A sálvia é apontada como funcional para o controle e redução dos sintomas causados no período de menopausa. Em alguns estudos foi comprovado que a sálvia pode reduzir a sudorese em até 50%.

Para quem busca uma memória melhor, a sálvia também pode ser excelente. Aqueles que desejam melhorar o rendimento nos estudos também podem contar com a contribuição da erva, já que ela oferece apoio para melhor atenção e desempenho mental.

Compartilhe essa ideia: